Capitulos & Comentários

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Capitulos & Comentários

Mensagem por Dark Tiger em Sab Fev 07, 2015 3:00 pm


 
 
 


Capitulos & Comentários

Povo aqui ficarão os capítulos da fanfic juntamente dos comentários de vocês meus queridos leitores, fãs, súditos e escravos. A fanfic é algo que de alguma forma eu consegui criar revendo teologias anteriores que tive para obras passadas que acabaram falhas. Ainda rezo para que esta acabe dando certo. Vamos á uma pequena Intro...

"Rayden é um Youkai, o espectro de um animal que alcançou algo além do pós vida. Vivendo em um mundo sem sentido onde é invisível para qualquer outro seja homem ou mulher, ele se depara com uma dura parede em seu caminho cinzento: a Academia Wasabi, local onde jovens Youkai como Rayden treinam para proteger o equilíbrio universal. Sendo um Espírito Vagante, ele se torna alvo da Academia que manda um de seus soldados atrás do mesmo. Quando os dois acabam se encontrando uma misteriosa gata falante impede a morte de Rayden e convence o rapaz á se tornar um estudante de Wasabi. Com o tempo o rapaz se acostuma com a rotina e conhece a Elite Profissional da instituição formada por um quinteto de Youkai adolescentes treinados por um lobo solitário e preguiçoso que por acaso é também o professor de matemática. Também acaba por conhecer um grupo rival á Academia, os Warlockers, que almejam destruir a instituição e toda a raça humana para que os Youkai reinem."

"
avatar
Dark Tiger

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulos & Comentários

Mensagem por Dark Tiger em Ter Fev 10, 2015 10:11 pm



Espírito Vagante

when a beast die it roars a last time




Os olhos do garoto se acostumaram ao vento forte e a fuligem. Á sua frente havia uma pequena figura esguia e gordinha, uma bola de pelos tricolor, a gata ronronava, não, ela ria... ria como se tudo aquilo fosse divertido. Uma brincadeira de crianças. Rayden se levantou com dificuldade, as mãos machucadas escorriam um pouco de sangue no cenário destruído daquilo que um dia foi uma obra rodoviária. Uma figura veloz e elástica veio na direção da dupla aos poucos mostrando ser um punho. A gata ronronou alegremente e levantou sua pata direita dianteira. Uma parede de chamas azuis parou o golpe enquanto as chamas se solidificavam em gelo. O punho feito concretamente de ferro ficou preso á parede.
- Hora, Drake... - disse ela. - Apesar de ele ser um Vagante ainda é um leão e nosso companheiro Youkai.
A gata começou á crescer a pelugem tricolor separando-se em um terno preto e branco e cabelos ruivos. A mulher tinha no máximo vinte e três anos, cabelos longos, postura relaxada, uma pulseira dourada no pulso esquerdo e uma negra no pulso direito. De seus cabelos surgiam duas orelhas de gato e um pouco á cima do cinto duas caudas, uma negra e outra branca, saíam de seu terno. Ela virou-se para Rayden, os olhos eram amarelos como os de um gato e os dentes afiados como presas...

***

Rayden, sempre se achou estranho, só não saberia dizer se é pela cauda de leão ou as orelhas felinas que brotam de seus cabelos... ou pelo fato de ele ser invisível para a maioria das outras pessoas. Ele poderia apertar os seios de uma mulher na rua que ela simplesmente continuaria andando sem perceber. Poderia espancar um gangster vagabundo que bateu em uma criança que ele pensaria ter sido traído por um membro da gangue. Era simplesmente espantoso o fato de ninguém notar sua existência. Talvez se ele mata-se uma pessoa pensassem que era o açougueiro chinês que se casou com a ex-mulher do padeiro o culpado. na maior parte do tempo Rayden se aproveitava disso, roubava hambúrgueres na cafeteria, assistia filmes no cinema sem pagar, espiava garotas o colégio local no banho. várias vezes fazia pegadinhas com os alunos do colégio, empurrando rapazes ara o vestiário do time de vôlei feminino para que fossem espancados, jogando a comida de um valentão em outro para organizar um combate street fighter entre gordões. Ou deixando vinho na sala dos professores o que acabava sempre dando muito certo. Mas ninguém nunca reparava que ele existia. Fazia dezesseis anos e naquela cidade sua vida era uma incógnita. Era procurado pela polícia por ter roubado oito carros de luxo do prefeito, ter espancado trinta e sete ex-xerifes e ter pendurado a calcinha da filha do atual xerife em um quadro de avisos da delegacia com A Foto Comprometedora(uma longa, longa e muito divertida história...), eles o conheciam como The Beast, o criminoso mais procurado em oito estados(isso vindo das palavras dos cidadãos daquela cidade, ou melhor do atual pior inimigo do garoto, o xerife Carlson), tão preocupante que conseguiu invadir a casa de todos os policiais e a própria delegacia(setenta e uma vezes) sem nem ao menos ter sido visto. Naquele dia, Rayden pichara a varanda da casa de Carlson e pendurado a filha do mesmo apenas de lingerie em um guindaste do outro lado da cidade enquanto ela dormia feito uma pedra. Uma ótima e fascinante madrugada! Logo em seguida ele começou sua rotina, espancou dois garotos do time de futebol americano que haviam "brincado" com uma garota, fez tiro ao alvo com a cueca do prefeito e um rifle que havia roubado da delegacia em frente á porta da delegacia enquanto várias pessoas observavam e riam, roubou comida, um microondas e uma xícara de café da Lan House, oitenta hambúrgueres da lanchonete e uma quantidade de chocolate suficiente para matar um elefante de ataque cardíaco. Parou na janela de uma garota esquentou os hambúrgueres usando um tomada do banheiro e comeu enquanto observava uma aluna se banhar. Enquanto observava a mesma se enxugar, enrolar-se na toalha e caminhar para fora do cômodo ele pensou no quão ruim seria viver daquela form. Invisível. Ele tinha a vida que muitos adorariam ter, tinha o que quer na palma da mão, uma cidade inteira era seu tabuleiro de xadrez, sua mesa de jogos, mas ele vivia ali, sem nada além de pessoas que o imaginavam como um bruto psicopata.
- Não pense nisso, Rayden. - repreendeu-se. - Viva la vida buena.

***

Sentado ali na cafeteria, o garoto socou um nerd que desmaiou com o golpe e então pegou o computador do mesmo para si. Pesquisou  seu codinome na internet e riu enquanto lia as notícias da cidade, que apresentavam os acontecimentos da madrugada. Rayden olhou pela janela observando viaturas patrulhando a rua. Ele fechou o Notebook e o empurrou para o ladod epois deu um tapinha no ombro do nerd desacordado que roncava alto.
- Valeu fera.
Saiu da cafeteria e andou pela cidade até encontrar o beco onde havia deixado o rifle roubado. Correu para a zona de artes e roubou um tripé. Em seguida passou na escola e abaixou as calças de um professor que caiu de cara no chão ao se virar para a sala, revelando sua cueca samba canção de coraçõezinhos suja de fezes enquanto os estudantes riam. Apressou-se e subiu ao terraço e observou os arredores, no prédio ao lado havia um gato tricolor, abaixo ele podia ouvir dois professores se divertindo e nas ruas em volta do colégio ele observou as viaturas. Alvo encontrado! Pegou uma bombinha e um isqueiro, ascendeu-a e jogou o projétil ao chão que explodiu em cima de uma das viaturas. Rayden fincou o tripé no parapeito e mirou o rifle apoiado no mesmo em um helicóptero policial que estava chegando aos arredores, atirou várias vezes deixando na blindagem um enorme "B" formado pelas balas e em seguida uma carinha sorridente com piscadinha. No chão vários policias tiraram seus revolveres e pegaram seus coletes. Ele pegou o armamento e desceu as escadarias até as salas. com um soco quebrou o vidro e então o machado de sistema anti-incêndio em seguida ativando o alarme. Vários estudantes saíram correndo de suas salas de aula espantados. Com golpes rápidos, em meio ao pânico que se alastrava no local, Rayden cortou as roupas da garotas deixando peitos enormes á mostra e lingeries em frangalhos. A multidão desnuda de garotas saiu enquanto vários alunos fotografavam esquecendo completamente do falso incêndio, tsc, o que peitos não fazem com os homens? Os policiais apontaram as armas para a porta do colégio. mas logo abaixaram quando uma multidão de adolescentes seminuas(ou quase completamente nuas) saíam dali gritando, apenas para serem fotografadas por multidões de repórteres e tarados. Do terraço o rapaz soltou um rojão para o alto o qual desenhou a mensagem:

"Este é um presentinho para vocês.
                                                                                                                                              - The Beast"

A operação peitos estava finalizada com sucesso... mas enquanto Rayden cruzava os braços observando satisfeito sua nova pegadinha uma lâmina surgiu sob seu queixo, apontando diretamente para sua garganta. Ele engoliu em seco.

***

A garota morena segurava uma espada, a lâmina afiada brilhava com fúria. Os cabelos negros da mesma cobriam-lhe os seios muito bem feitos e uma camisa listrada preta e branca deixava-os á mostra com uma gola em V. Rayden abanou sua cauda nervoso. Olhar para os seios da garota não ajudou pois ela grunhiu e colocou a espada em horizontal rente á garganta do rapaz que mudou a direção de seus olhos para o castanho profundo do olhar furioso da mesma.
- O-oi... - disse ele suando frio. - Como você... ahn, pode me ver?
A garota suspirou.
- Idiota. - disse ela. - Eu sou uma Youkai, por isso posso ver um retardado como você.
- A claro que burrice á minha. - disse ele.
Enrolou rapidamente sua cauda envolta dos pés da garota e a jogou com facilidade para trás dando um salto veloz e alcançando o prédio do outro lado da rua com facilidade. Infelizmente, sua perseguidora também teve a mesma facilidade. A garota tentou desferir um golpe com a espada mas Rayden enrolou sua cauda no braço da mesma e deu um mortal para trás derrubando-a no chão debaixo de si e lançando a arma para longe. Ele apalpou os seios da garota enquanto ela ficava vermelha, seja de raiva ou vergonha.
- Ora, ora... - disse ele. - Você tem um belo par de gêm...
Um enorme punho atingiu o rosto de Rayden lançando-o para trás com o impacto.
- Que cara irritante. - ressoou uma voz masculina na cabeça do rapaz, esta por vez que girava graças ao impacto do soco.
Rayden forçou os olhos á fixarem-se e encontrarem foco. Ao lado da garota havia um rapaz de aparentemente a mesma idade que os dois, seus braços eram envoltos por um tipo de composto de ferro com luvas enormes nas mãos.
- Você demorou Drake. - disse ela. - Teria sido mais útil ter trazido o líder do conselho estudantil. Ele seria mais rápido apesar de ser um tarado.
- Desculpe, Emma. - disse o garoto. - Eu estava com fome.
Drake, usava uma jaqueta de couro, com garras esporões metálicos, ele aparentava ser alemão, com pele clara, olhos frios de um tom vermelho e cabelos pretos espetados. Da orelha esquerda pendia um brinco de pena vermelho. Ele esticou correu na direção de Rayden que saltou em sua direção mas sua tentativa de atacar não adiantou nada já que foi repelido pelo punho do adversário. Rayden já se encontrava prensado contra a parede esta rachada pelo punho feito de ferro, o braço havia se repelido em segmentos desta forma ele se esticara para um ataque á média-distância, algo problemático para Rayden que estava agora preso entre duas superfícies concretas. A garota alcançou sua espada e então a mesma começou á mudar transformando-se em um rapier de maneira que a base e a guarda se fundiram em uma cabeça de camaleão de tom esmeralda que cobria a mão da mesma e tendo na guarda três espinhos afiados de tom vermelho. A lâmina agora feita de rubi e muito mais longa e afiada parecia ser a língua do animal. A garota se aproximou, os seios balançando. Rayden se concentrou no imediato, ele não podia morrer ali, dois oponentes que podiam vê-lo... dois oponentes ARMADOS. Ele precisava fugir, colocou as duas mãos nas extremidades do punho e apoiou seus pés na parede. Começou a empurrar, as orelhas levantaram-se com seu esforço, o suor escorrendo por seu queixo. Drake levantou uma sobrancelha.
- Você tá tentando se soltar? - perguntou Drake. - Um Vagante, inútil como você não vai conseguir mover um único centímetro da minha arm...
Rayden logo empurrou com toda sua força o punho lançando não só a superfícies metálica mas também o garoto que foi lançado para fora do terraço desta forma derrubando-o pela borda do mesmo.
- Meça suas palavras... - disse ele ofegante e cheio de raiva.
Ele se virou para a garota que ainda observava abobada a borda do prédio. Ele saltou na direção dela e desferiu um chute. Ela simplesmente desapareceu dissolvendo-se e fundindo-se com o ar e por tal motivo ele acabou girando sem acertar nada. A garota ressurgiu á alguns metros dele brandindo a espada.
- QUEM VAI TER QUE MEDIR AS PALAVRAS VAI SER VOCÊ IMBECIL! - urrou uma voz masculina atrás de Rayden.
Drake acertou-o com um soco, o braço prolongando-se e lançando Rayden por dezenas de prédios que tiveram cartazes e paredes furadas até o punho e o rapaz se chocarem contra uma construção que se quebrou. Normalmente pararia por aí mas os segmentos elásticos começaram á se unir enquanto Drake se aproximava urrando de raiva. O punho esquerdo de Drake acertou furioso o garoto lançando-o pela construção e destruindo vigas inteiras. Fazendo-o cair junto de dezenas de vigas do outro lado do local. Rayden tentou se levantar mas uma cauda esguia e grossa cheia de escamas agarrou sua cintura e o jogou para cima.
- Esmague, Kentetsumo! - Drake liberou um soco ainda mai poderoso lançando o rapaz para o alto enquanto este agonizava. A garota que acompanhava Drake, Emma apareceu empunhando a espada e então desceu em um ataque fincando a lâmina no abdômen do mesmo que urrou cuspindo sangue, líquido o qual derramava-se em sua blusa amarela. Ele caiu de costas no chão. Drake estava á sua frente preparando seu punho para um ataque final, concentrando energia na mão e fluindo em um ataque direto.
- Decreto do Rei Dragão! - urrou ele.

Uma aura esverdeada cercou seu punho e ele desceu o mesmo em um golpe contra o chão. Do solo surgiu uma forte luz esverdeada que liberou-se na forma de um exército de dragões furiosos que se fundiram em chamas esverdeadas e revoltas queimando todo o local e deixando o rapaz momentaneamente cego.

***

Os olhos do garoto se acostumaram ao vento forte e a fuligem. Á sua frente havia uma pequena figura esguia e gordinha, uma bola de pelos tricolor, a gata ronronava, não, ela ria... ria como se tudo aquilo fosse divertido. Uma brincadeira de crianças. Rayden se levantou com dificuldade, as mãos machucadas escorriam um pouco de sangue no cenário destruído daquilo que um dia foi uma obra rodoviária. Uma figura veloz e elástica veio na direção da dupla aos poucos mostrando ser um punho. A gata ronronou alegremente e levantou sua pata direita dianteira. Uma parede de chamas azuis parou o golpe enquanto as chamas se solidificavam em gelo. O punho feito concretamente de ferro ficou preso á parede.
- Hora, Drake... - disse ela. - Apesar de ele ser um Vagante ainda é um leão e nosso companheiro Youkai.
A gata começou á crescer a pelugem tricolor separando-se em um terno preto e branco e cabelos ruivos. A mulher tinha no máximo vinte e três anos, cabelos longos, postura relaxada, uma pulseira dourada no pulso esquerdo e uma negra no pulso direito. De seus cabelos surgiam duas orelhas de gato e um pouco á cima do cinto duas caudas, uma negra e outra branca, saíam de seu terno. Ela virou-se para Rayden, os olhos eram amarelos como os de um gato e os dentes afiados como presas...
- Deixe-me arrancar os dentes desse desgraçado... - pediu Drake se segurando.
Emma entrou na frente dele e colocou a espada sobre sua garganta.
- Não exagere. - disse ela.
A mulher agachou-se e olhou para Rayden.
- Você está cansado de ser invisível? - perguntou ela.
Rayden se levantou com dificuldade. Ele tentou segurar o olhar da mulher, olhos amarelos com olhos laranjas, mas não deixou de pensar no que havia pensado mais cedo. Como se sentira sozinho e abandonado. Sentou-se quase incapacitado e observou. Ele queria mudar. Ele PRECISAVA mudar.
- Depende. - disse ele. - O que eu ganharia se fosse com você?
Ela sorriu.
- Você ganharia muita coisa... - disse ela. - E não é comigo que você vai...
Ela lançou um olhar divertido para a dupla atrás dela que discutia um com o outro. A moça deu uma risadinha. Rayden fechou a cara sério.
- Acho que estou mais do que cansado.


 
 
 
coded by: ig & sa
avatar
Dark Tiger

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulos & Comentários

Mensagem por Dark Drake em Ter Fev 10, 2015 10:38 pm

Meu amigo este capítulo não merece palmas... Merece o Tocantins inteiro -q
avatar
Dark Drake

Mensagens : 12
Data de inscrição : 15/01/2015
Idade : 19
Localização : Por ai pelo mundo .-.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulos & Comentários

Mensagem por Dark Tiger em Qua Fev 11, 2015 1:39 pm

Prefiro o Afeganistão. Mas obrigado. Vou tentar começar logo logo o Cap 2, e chegar ao Cap 5 e em diante onde começarão as verdadeiras batalhas. Tipo um básico de um mano-á-mano 8x1 e tals. -q
avatar
Dark Tiger

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulos & Comentários

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum